Ask me anything   Submit   Eu bebo, danço até o chão e minha mãe sabe muito bem a filha que tem. Homem tem medo de mulher independente! Pior ainda: Homem tem medo de mulher que FARRA! Aí o cara, conhece uma menina bonita que bebe e farra tanto quanto ele… Se ele não quiser sair, ela sai só com as amigas, não tem tempo ruim, banca suas coisas, se tiver meio sem grana, se diverte como dá. Se tiver bem de dinheiro, ai é que sai mesmo... Conversa com todo mundo, conhece muita gente! Falando assim, parece bem fácil ficar e/ou namorar com uma mulher dessas. E é! O problema é que a grande parte dos homens não segura a onda de uma mulher pau-a-pau com eles, aí eles namoram a Sandy. A Sandy é fácil de namorar, ela sai, mas não dança, ela não bebe, nada de decotes ou mini saias. Se o namorado não quiser sair, ela não sai, e se ele quiser sair sozinho ela fica em casa, assistindo televisão e o melhor, leva chifre, sabe e aceita... Mas quer saber? Mulher que sabe se divertir e aproveita a vida até sozinha, dispensa homem sem coragem! Mulher de verdade assusta! Mulher nenhuma precisa de homem para se destacar… Não mesmo !

Eram duas meninas ricas, melhores amigas. Não se achavam nem nada. Seus nomes eram Renata e Helena. Mas como Helena era mais popular, Renata tinha inveja. Um dia, no ultimo andar de um predio, aqueles que não tem nada por fora, é um jardim aberto, e que se você se jogar você cai. Enfim, Renata e Helena estavam lá.. Helena viu uma flor azul bem perto da ponta do andar, então precisava que alguém a segurasse, senão ela caia. Helena disse: “Rê, me segura para eu pegar a flor azul?” “Claro Lê.” Então Renata segurou Helena… Até uma hora. Então ela pensou que se Helena falecesse ela ia ser a mais popular. E ela tem sua chance. Pensou: “é agora..” E soltou Helena..Passaram 20 anos… Renata estava casada, e tinha uma filha. Como era o dia do aniversário de Helena, mas ela havia falecido, fizeram uma homenagem a ela e convidaram Renata, mas ela não queria ir, porque ela que havia matado Helena. Seu marido encheu tanto o saco dela que ela aceitou ir, mais a filha teve de ir junto, pois não tinha com quem ficar. Chegaram lá, era no mesmo prédio, que Renata havia largado Helena. A filha foi lá com a mãe, no último andar, e o marido ficou lá em baixo, na festa. Quando as duas chegaram havia uma flor idêntica, azul. A filha insistiu em pegá-la, e a mãe concordou em segurá-la. Renata então estava a segurando, mas antes da filha pegar a flor, virou pra trás e disse: “Mamãe, dessa vez você não vai me soltar, não é?”

(Source: peacefulling, via foreveraloone)

— 9 months ago with 42980 notes
"E às vezes escondido a gente chora. E chora mesmo sem saber porque."
Tiê.    (via desnortiada)

(Source: musique-mpb, via contra-mar3)

— 9 months ago with 78525 notes
"Você sorria diferente, e era isso que me encantava."
Dear Summer. (via classificador)

(Source: wowery, via marlboroblueice)

— 11 months ago with 46438 notes
"Que os dias felizes sejam mais longos."
Clarice Lispector.    (via defensor)

(Source: o-rgasm-sex, via marlboroblueice)

— 11 months ago with 79141 notes
"Sorrisos são beijos de longe."
Marcelo Soriano. (via ressentiu)

(Source: annagessica, via marlboroblueice)

— 11 months ago with 71512 notes